“Queremos crianças saudáveis? Descasque mais e abra menos embalagens!” Este foi o lema que deu o mote à comemoração do Dia Eco-Escolas, este ano com atividades conjuntas com o Dia da Família.

O Projeto Eco-Escolas, de ampla diversidade de campos de intervenção, celebrou mais um ano de gratificação pelo trabalho desenvolvido, envolvendo toda a comunidade escolar (pessoal não docente, pessoal docente, alunos, familiares, meio envolvente…).

O tema da Alimentação Saudável e Sustentável foi o ponto de partida para a organização de diversas atividades que foram sendo desenvolvidas de 18 a 20 de maio. O objetivo máximo foi o de proporcionar aos alunos e restantes elementos do espaço escolar, diferentes experiências e contactos, de modo a consciencializarem-se de uma cultura de alimentação baseada em produtos naturais e de fácil acesso, promotora de hábitos de vida saudáveis.

Assim, no dia 18 de maio, as crianças tiveram a oportunidade de realizar uma atividade, orientada pela Professora Sofia Melo, cuja finalidade se prendia com a criação de uma “Lancheira Saudável”, que representaria um exemplo dos muitos possíveis de realizar. As crianças puderam, elas próprias, “pôr as mãos na massa”, literalmente, e confecionar bolachas de aveia, recorrendo a produtos do dia-a-dia, menos prejudiciais ao organismo. Para além disso, tiveram a oportunidade de aromatizar água natural, com ervas aromáticas e cascas de frutos, de modo a torná-la mais apetecível. De uma maneira geral, a atividade decorreu da melhor das formas, os alunos revelaram-se muito interessados e puderam reter informação importante, no que fiz respeito a elementos da Roda dos Alimentos, que devem estar presentes nas nossas refeições, até nas mais simples como os lanches.

Ainda no mesmo dia, e durante a tarde, a escola recebeu a presença do Chef Yves Gautier, que exerce funções no Hotel Quinta do Jardim da Serra e é membro da organização “Organica”. O convite endereçado ao referido Chef relacionou-se com o seu interesse por usar produtos naturais, biológicos e tradicionais nas suas ementas. A sua atividade com as crianças dividiu-se em duas partes: a primeira, relacionou-se com a confeção de um caldo, em que os produtos usados seriam aqueles que menos esperávamos – as cascas dos legumes, que normalmente não usamos. O seu objetivo primeiro seria levar as crianças a reconhecer que, para elaborar uma boa refeição, consistente e saudável, não é necessário grande investimento nem muita elaboração.

No dia seguinte, 19 de maio, a atividade prosseguiu novamente com o Chef Yves Gautier. Os alunos deram continuação ao que tinham realizado no dia anterior. O objetivo seria adicionar ao caldo confecionado, diferentes ervas aromáticas, provenientes dos “Canteiros Móveis” criados na Escola. Assim, elaboraram-se diferentes provas, envolvendo ervas como o funcho, hortelã, aipo, segurelha… Apesar dos sabores intensos, os alunos adoraram experimentar as ervas nestas formas diversificadas!

Para que houvesse um melhor entendimento e enquadramento da temática, foi convidado um nutricionista, Dr. Miguel Andrade, para que conseguisse transmitir às crianças a necessidade emergente de possuir hábitos de vida saudáveis, que conduzam a um estilo de vida equilibrado e consciente. Os alunos que participaram nesta Ação de Sensibilização foram os do 3º e 4º anos. Na sua opinião, esta Ação foi muito importante pois permitiu esclarecer algumas dúvidas e lançar desafios de consciencialização da importância de mudança de hábitos de rotinas alimentares.

O culminar das atividades realizadas deu-se na comemoração do Dia Eco-Escolas/Dia da Família, no dia 20 de maio. Toda a comunidade educativa, incluindo os familiares de alunos que aceitaram o convite para participar nestas comemorações, reuniu-se no refeitório, para dar início às atividades programadas para este dia. Assim, a Professora Janette Ramos, Coordenadora do Projeto Eco-Escolas, fez um enquadramento do tema escolhido, na medida em que seria necessário explicar à Família a justificação do seu convite e da pertinência em aliar Família à Alimentação das crianças.

Em seguida, toda a escola se uniu, para ver o hastear da Bandeira, símbolo representativo das boas práticas ambientais adotadas por toda a comunidade escolar. Ao som do “Hino à Floresta”, as crianças viram surgir no ar, o verde da Bandeira, elemento emblemático das questões ambientais. O mérito de receber a bandeira, é ainda mais reconhecido, quando se apresenta o facto da EB1/PE Marinheira ter recebido um prémio da Câmara Municipal de Câmara de Lobos, associado à eficiência energética (redução em cerca de 14% do consumo de energia) e um certificado de “Escola de Qualidade”, entregue pela ABAE (entidade que gere o Programa Eco-Escolas).

Falar de Alimentação Saudável requer, obrigatoriamente, desenvolver hábitos de vida saudáveis, envolvendo a prática de exercício físico. No seguimento desta ideia, foi proporcionada a toda a comunidade educativa uma aula prática de Body Combat, em que todos participaram de forma efusiva, amigável, numa perspetiva de partilha de tempo útil e de qualidade!

No final da atividade e para terminar em grande, as crianças puderam partilhar com os familiares presentes a sua “Lancheira Saudável”, composta pelas bolachas de aveia (confecionadas por si anteriormente), pelos amendoins (gordura saudável) e pela água aromatizada com ervas. Foi notório o envolvimento familiar neste momento, precioso, de partilha do mesmo espaço e das mesmas emoções! Para além destes elementos, a “Lancheira” continha ainda uma moldura elaborada pelos alunos com o retrato da família e um pequeno livro de receitas “Sete Dias Saudáveis”, que poderá ser uma rampa de lançamento para mudanças de hábitos em ambiente familiar. Para terminar de forma relaxada estes três dias repletos de atividades, os alunos puderam ainda realizar uma aula prática de yoga no recinto desportivo da escola.

Esta aproximação fundamental entre a Escola e a Família, também ficou patente na exposição dos trabalhos que concorreram ao Concurso “Pacote de leite usado pode ser reutilizado!” A adesão evidencia a preocupação em participar nas atividades, de modo a que o trabalho em casa seja uma continuação da tarefa iniciada na escola!

Foram dias em grande! Homenageámos a Natureza, consciencializámo-nos de práticas fáceis e divertidas de desenvolver hábitos de vida saudáveis e sustentáveis e contribuímos para a poupança de desperdícios, que se transformam em mudanças de vida, para muitas pessoas. De certo modo, sentimos que o dever foi cumprido, sempre com a ideia de que no amanhã podemos sempre fazer e ser melhor.

VER MAIS FOTOS AQUI

Gostou da notícia? Deixe o seu comentário.